Conecte-se conosco

Pornô

Saiba como será sua vida sexual em 2019; faça o teste

Publicado

Em

Quiz Brasileirinhas

Mulheres

Stormy Daniels foi a pornstar mais procurada do ano, segundo Pornhub

Publicado

Em

Por

E a pornstar Stormy Daniels se tornou a celebridade da indústria pornográfica mais pesquisada do ano de 2018, segundo o site Pornhub. Mais de 30 milhões de pesquisas feitas no site envolviam o nome da pornstar!

Daniels ficou conhecida após ter um affair com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Depois do escândalo, a pornstar deu entrevistas a programas famosos, fechou contratos com boates de strip tease e, atualmente, atua como diretora de filmes pornô da produtora gringa Digital Playground, uma das maiores do ramo.

A loira de peitos grandes também participou de um reality show britânico Celebrity Big Brother, uma espécie de BBB dos famosos. Segundo fontes do jornal britânico The Daily Mail, Daniels recebeu nada menos do que 500 mil libras – cerca de 650 mil dólares – para uma participação de apenas sete dias no reality.

 

Leia também:

Stormy Daniels revelou que transou com Trump sem camisinha

A carreira de Stormy Daniels

Stormy Daniels teve uma carreira meteórica no pornô americano. Ela começou a gravar em meados dos anos 2000 e seu primeiro filme foi “Sea Sluts 5”, da produtora Odyssey Video. Desde então, Daniels participou de mais 270 filmes pornô. A loira que nasceu em Los Angeles entrou para o pornô aos 21 anos.

Atualmente aos 38 anos, Stormy Daniels atuou no filme “She’s Older and Bolder”, da produtora Wicked Pictures, lançado neste ano. A loira que agora já está na categoria MILF (Mothers I’d Like To Fuck), destinada a mulheres mais velhas, porém gostosas, também participou de outra produção que promete dar o que falar! O filme“Stormy Trumps All”, lançado em fevereiro deste ano, traz mais de quatro horas de sexo com a ex-amante de Trump em um contexto bastante presidencial. Na capa do filme, Daniels aparece sentada em cima de uma mesa em um cenário que imita o salão oval, sala oficial de Trump.

Desde 2004, Daniels também atua na direção dos filmes pornô e já tem mais de 90 títulos dirigidos por ela com produção da Wicked Pictures. Em 2005, um ano antes de conhecer Trump, Daniels venceu 10th Annual Cavr Awards (prêmio-web da indústria pornográfica) e levou o título de “Best Star” (Estrela do ano) e, em 2018, foi indicada ao XBIZ Awards nas categorias de melhor cena de sexo e melhor atriz pornô.

Stormy Daniels também coleciona indicações ao AVN Awards, considerado o Oscar do pornô, e muitos outros prêmios ao longo da carreira. A ex-amante de Trump faz o clássico estilo de pornstar gringa com peitos grandes, olhos azuis, cerca de 1,70m de altura, 59 quilos e algumas tatuagens espalhadas pelo corpo. Ela nasceu no dia 17 de março de 1979, já fez alguns trabalhos no começo da carreira com o nome artístico “Stormy Waters” e teve dois breves casamentos com os atores pornô Brendon Miller e Pat Mine.

Fontes: adultfilmdatabase / The Wall Street Journal / IAFD / 

 

 

 

Continuar Lendo

Lançamento

Produtora americana lança paródia de Deadpool; veja trailer

Publicado

Em

Por

Capa do filme Dead Pool XXX

O anti-herói da Marvel não podia ficar sem sua melhor versão pornô. Deadpool ganhou sua versão no cinema adulto pelo consagrado diretor americano Axel Braun. A produção conta com humor característico do personagem, mas abusa na sensualidade em cenas de sexo bem dirigidas.

O filme da produtora gringa Wicked Pictures conta com figurinos caprichados que se assemelham ao traje oficial usado pelo personagem oficial. O elenco dispensa comentários e conta até com a participação da pornstar Jessica Drake, na personagem da sedutora Lady Deadpool.

Leia também:

Entenda a trilogia da Brasileirinhas que parodia a política nacional

Seth Gamble é o ator que interpreta Dead Pool. Com performance e interpretação impecáveis, Seth contracena com diversas atrizes e manda bem em todos os diálogos existentes no filme.

O filme, obviamente, não conta a participação de Ryan Reynolds, o Deadpool oficial, mas tem algo muito melhor: as maiores gostosas da indústria pornográfica internacional.

O trailer oficial do filme foi lançado em outubro no canal oficial do diretor Axel Braun.

Continuar Lendo

Entretenimento

Conheça John Bobbitt, o cara que teve o pênis amputado e fez pornô após reimplante

Publicado

Em

Por

A história real que mais parece ter saído de um filme macabro. John Bobbit tinha apenas 26 anos de idade quando se viu sem o pênis. Isso mesmo! E pior: sua esposa era responsável por isso. Bobbit se tornou uma lenda viva e movimentou o noticiário gringo do início dos anos 90.

A imprensa americana relata que Lorena Bobbit arrancou o pênis do marido depois de sofrer um estupro marital, que acontece dentro do casamento. Segundo relatos de jornais da época, Lorena disse, na delegacia, que seu marido era egoísta na cama: “Ele sempre quer ter orgasmo e não espera que eu tenha orgasmo”.

Bobbit dormia quanto teve seu pênis arrancado a golpes de faca. No hospital, ainda assustado com tudo o que havia acontecido, ele perguntou ao médico se seria possível reimplantar o membro, mas para sua surpresa, acabou descobrindo que a polícia não tinha encontrado seu pênis no local do crime.

Leia também:

Órgão de saúde pede que americanos parem de reutilizar camisinha

A tragédia grega foi amplamente coberta pela imprensa gringa e, em pouco tempo, John e Lorena Bobbit haviam se tornado assunto em qualquer lugar dos Estados Unidos. O pênis de Bobbit foi encontrado em um terreno baldio perto do local onde o casal morava e, por sorte, foi possível reimplantá-lo.

O julgamento do caso foi transmitido em tempo real pelas TVs do país. John tinha apenas 26 anos quando teve seu pênis decepado. O júri popular do caso acabou inocentando John por 10 votos a 2 da acusação de estupro marital, mas Lorena se tornou símbolo na luta das mulheres contra o estupro. Ela também foi inocentada e logo os noticiários arrumaram outros escândalos para cobrir.

Este slideshow necessita de JavaScript.

De amputado a astro do pornô internacional

Depois do sucesso da cirurgia de reimplante peniano e a inocência selada pelo Tribunal do Júri, John Bobbit queria ganhar dinheiro e contratou a agente La Toya Jackson, irmã de Michel Jackson, para permanecer na mídia a qualquer custo e, claro, lucrar com isso.

Não demorou muito para surgir a chance: protagonizar um filme pornô. John se tornou um dos atores pornô mais conhecidos da indústria, embora seu desempenho em cena não fosse dos melhores. O filme chamado John Waine Bobbit: UnCut, da produtora Leisure Time Entertainment demora a revelar o membro reimplantado de John e o que ocorre a seguir é sexo, sem muitas acrobacias. A produção, no entanto, se tornou uma das mais vistas do mundo.

Desde a operação, John afirmou à imprensa americana ter ido para cama com mais de 70 mulheres e diz que Lorena é um caso superado em sua vida.

Continuar Lendo

Entrevistas

%d blogueiros gostam disto: